top of page

Mudança nos Prazos de Pagamento Ameaça Emissoras de Cartão de Crédito

Atualizado: 13 de nov. de 2020

Por Richard Sihman e Fábio Palmiro


Recentemente, o Banco Central anunciou a intenção de efetuar uma mudança brusca nas regras de pagamento de varejo. Esta possibilidade foi suficiente para causar alvoroço no setor e foi motivo de grande preocupação para empresas distribuidoras de crédito.

Atualmente, quando o consumidor paga um lojista com o cartão de crédito, o lojista deve esperar 30 dias corridos para receber o dinheiro da venda. Com a mudança, este prazo seria reduzido somente para 2 dias. Segundo o governo, isto representa uma forma de favorecer o lojista e de reaquecer a atividade. No entanto, a mudança é muito brusca e pode quebrar pequenas emissoras de cartões de crédito, como a Nubank.

Quando o consumidor compra com o cartão de crédito, ele paga a emissora do cartão de crédito (exemplos: Nubank, Bradesco, Itaú), e não ao vendedor diretamente. A emissora repassa o dinheiro a adquirente de meios de pagamento (exemplos: Cielo, Rede, Stone Pagamentos e GetNet), que só então repassa o dinheiro ao vendedor. O problema é que como o usuário do cartão demora até 26 dias para pagar a emissora, a emissora também demora 26 dias para conseguir pagar a adquirente, atrasando o pagamento aos lojistas em até 30 dias. Se o prazo máximo de repasse do dinheiro ao vendedor caísse de 30 para 2 dias, as emissoras teriam que pagar as adquirentes muito antes de receberem o dinheiro das faturas de seus clientes. O estrago seria tão grande que algumas emissoras de cartões poderiam fechar as portas.

Após uma coletiva de imprensa, o presidente do BC, Ilan Goldfajn, anunciou que as medidas serão trabalhadas juntamente às fintechs (empresas de tecnologia financeira), para que elas possam ser implementadas da melhor maneira possível e levando-se em conta as posições das emissoras. Mesmo assim, é importante para percebermos que os reguladores do setor têm grande poder para mudarem as diretrizes definidas, e que o mercado de crédito deve ser estudado para compreendermos melhor a situação financeira de nosso país.


Fontes:

http://www.infomoney.com.br/…/nubank-pode-fechar-caso-banco…

http://www.infomoney.com.br/…/nubank-pronuncia-sobre-possib…

http://gizmodo.uol.com.br/nubank-investimento/


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page